terça-feira, março 31, 2009

Por entre tachos e panelas

Hoje resolvi fazer um prato diferente, filetes de pescada gratinados no forno.
Aqui fica a receita...

Ingredientes:
- Filetes de pescada q.b.
- Alhos q.b.
- Sal a gosto
- Limão a gosto
- Vinho branco ou cerveja q.b.
- 3 a 4 colheres de sopa de Azeite
- Camarões pequenos q.b.
- Natas q.b.
- Queijo Mozarella ralado.
- 1 Molhinho de coentros
Preparação:
Tempera-se os filetes com sal, alhos picados, sumo de limão e um pouco de vinho branco ou cerveja. Deixa-se marinar cerca de 30 minutos.
Espalha-se o azeite no pirex de ir ao forno, coloca-se os filetes de pescada (e os temperos da marinada), os camarões, rega-se com as natas, pica-se os coentros e no fim polvilha-se com queijo mozarella.
Aqueçe-se o forno um pouco e leva-se os filetes a gratinar e está pronto.
Eu servi com puré de batata, mas também fica muito bem com arroz branco e uma salada.
Bom apetite.

segunda-feira, março 30, 2009

A crise!!

A crise... em todo o lado se ouve falar nessa "maldita", fala-se na crise monetária, na crise de sentimentos, na crise... de tudo e de nada!!
Acho que todos nós (Portugueses) se queixam muito de tudo e de nada...
Eu contra mim falo, porque já é uma têndencia minha responder "Vai-se andando..." quando me perguntam "Então está tudo bem?" Será que quem pergunta, está mesmo à espera de um "Está tudo bem!", ou será que para se sentir conformados estão mesmo à espera "Eh pá, a vida está uma verdadeira treta!!"
Não gosto de ser pessimista, mas muitas vezes é mais forte do que eu! Só que esqueço-me (esquecemo-nos todos, não é?) de que existe alguém sempre pior que nós, que não têm o que nós temos, saúde, emprego, uma vida feliz e confortavél (comparando com outros que mal tem dinheiro para se alimentar), um tecto para nos abrigar, amor para dar e de quem receber!
Esperando que esta crise passe, estamos todos nós, mesmo aqueles que nada fazem para que a mesma não continue a existir...

12000 visitantes!

Obrigado a todos, obrigado aos que me visitam, que comentam (os poucos que o fazem...), obrigado mesmo!
Sei que este cantinho já não é aquilo que foi um dia! Muito actualizado, com temas fixos durante a semana, mas sempre que posso e que tenho algo que acho que valha a pena, venho deixar cá!
Jokas para todos!!

Sandra C.

quarta-feira, março 25, 2009

segunda-feira, março 16, 2009

Uma rã...


Um cheirinho a Primavera...

Este fim-de-semana foi em cheio!
Aproveitamos o sol, o calorzinho bom, o resultado destes dias fantásticos foram estes!
Algumas experiência fotográficas partilhadas entre mim e o Carlos.
Aqui partilho convosco...
Tomar, Março 2009

Cameleira Bicolor

Um campo Florido...

Parecem uvas, mas são apenas umas bagas...

Pessegueiros em flor...


Um charco, com miosótis a nascer...


Não sei o nome desta flor, mas a origem acho que é da Madeira...


O depois do Pôr-do-sol...

segunda-feira, março 09, 2009

As bonecas da minha infância...

Hoje que a boneca Barbie faz 5o anos, venho falar-vos das bonecas da minha infância, sim porque na minha altura ninguém sabia sequer o que eram Barbies, na minha altura era a Joana, a Nancy, a Tuxa e os carecas.
Apesar de muita gente se lembrar destas bonecas é muito difícil encontar coisas sobre os mesmos.
Não tenho a mínima noção da origem da Tuxa, será que era Portuguesa? E a Nancy?
Posso-vos dizer que penei muito para ter uma Tuxa, acabei por receber uma como prenda de Natal ou de Anos de uns vizinhos meus. A minha era morena, cabelo preto (que eu numa ataque de cabeleireira cortei tipo Fátima Lopes...), muito elegante (não escanzelada), a minha mãe até chegou a fazer uma saia cor de laranja igual a uma que eu tinha, mais tarde, umas primas deram-me um monte de roupas e até uma cama, era tão importante que até um casaco de peles tinha... Hoje arrependo-me imenso de ter dado estes brinquedos... eram muito especiais!
Também tive 2 Nancys, oferecidas no mesmo ano e lembro-me vagamente da Joana...
Apos pesquisa na Net encontrei estas imagens no blog http://viagensaopassado.blogs.sapo.pt/

domingo, março 08, 2009


Quando vais na rua, dona do teu próprio nariz e vês no outro lado da rua outra mulher, a tua primeira reacção qual é? É ver, olhar, criticar… mesmo que o faças para dentro, o instinto é sempre tentar achar comparações ainda que ridículas, com o que possas achar ser o teu ideal de beleza…
Mas a beleza da mulher é muito mais do que os sapatos, as roupas e os cabelos na última moda, a beleza da mulher está guardado num cantinho bem escondido.
A tua beleza está em olhar as coisas lindas que o mundo tem, saber apreciar um pôr-do-sol, um arco-íris ou até mesmo um dia de chuva. Até as coisas que aparentam ser menos belas, tem o seu quê, tem o seu lado B.
Vivemos tão consumidas com tudo o que nos rodeia, que muitas vezes nos esquecemos de olhar a cada manhã, para o céu, observar as nuvens, tal qual o algodão doce da nossa infância.
Este domingo, pare um pouco e tente não comparar, criticar… apenas tentar ver onde andam as coisas boas da vida…
Feliz dia da Mulher!

quarta-feira, março 04, 2009

Por entre tachos e panelas

Olá a todos, hoje aproveitei que já tinha o jantar meio adiantado, para fazer um bolo de coco e amêndoa.
Aqui deixo a receita:
Bolo de coco e amêndoa
Ingredientes:
- 4 Ovos
- O mesmo peso (dos ovos) em açúcar
- O mesmo peso em margarina
- O mesmo peso metade farinha, metade amêndoas raladas
- 1 colher de sobremesa de fermento em pó
- 4 colheres de sopa de coco ralado
- 4 colheres de sopa de leite
- 1 colher de sobremesa de canela
- Raspa de 1 limão
Preparação:
Bate-se o açúcar com a margarina até ficar um creme esbranquiçado. junta-se as gemas, o coco ralado, o leite, a canela e a raspa do limão. Bate-se tudo muito bem.
Bate-se as claras em castelo, e junta-se ao preparado anterior com a farinha e as amêndoas raladas e o fermento.
Bate-se mais um pouco, unta-se uma forma de buraco com margarina e polvilha-se com farinha, coloca-se a massa e leva-se em forno brando, até ficar cozido e lourinho.
Bom apetite.

segunda-feira, março 02, 2009

Recebi este mail há uns dias e achei-o muito fofo, deixo então um miminho para vocês...

'Porque eu sou do tamanho do que vejo e não do tamanho da minha altura...' Fernando Pessoa

INSPIRAÇÃO PARA HOJE

Como manter-se jovem
1. Deita fora os números que não são essenciais. Isto inclui a idade, o peso e a altura. Deixa que os médicos se preocupem com isso. Afinal, é para isso que lhes pagas!

2. Mantém só os amigos divertidos. Os depressivos puxam para baixo.
(Lembra-te disto se fores um desses depressivos!)

3. Aprende sempre: Aprende mais sobre computadores, artes, jardinagem, o que quer que seja. Não deixes que o cérebro se torne preguiçoso. 'Uma mente preguiçosa é trabalho do diabo.' E o nome do diabo é Alzheimer!

4. Aprecia as mais pequenas coisas

5. Ri muitas vezes, durante muito tempo e alto. Ri até te faltar o ar.
E se tiveres um amigo que te faça rir, passa muito e muito tempo com ele / ela!

6. Quando as lágrimas aparecerem aguenta, sofre e ultrapassa. A única pessoa que fica connosco toda a nossa vida, somos nós próprios.
VIVE enquanto estiveres vivo.

7. Rodeia-te das coisas que amas: Quer seja a família, animais, plantas, hobbies, o que quer que seja. O teu lar é o teu refúgio.

8. Toma cuidado com a tua saúde: Se é boa, mantém-na. Se é instável, melhora-a.
Se não a consegues melhorar, procura ajuda.

9. Não faças viagens de culpa. Faz uma viagem ao centro comercial, até a um país diferente, mas NÃO para onde estiver a culpa

10. Diz às pessoas que amas que as amas, a cada oportunidade.